Notícias

Fique por dentro das notícias da cidade e região.

Nossa Senhora do Rosário: romaria centenária em Protásio Alves

  • Data: 09/Out/2019

A 108ª edição da romaria em honra à Nossa Senhora do Rosário, de 10 a 12 de outubro, remete à história de que a fé alicerçou o surgimento do município que tem 31 anos de existência.

A programação envolve comunidades do interior e a cidade para reverenciar a padroeira do município: quinta-feira, 10, às 19h30min, tem romaria à comunidade São José (Meia Légua); na sexta-feira, 11, às 19h30min, romaria à comunidade Santo Antônio (Linha Quinta); no sábado, 12, às 19h, romaria das comunidades à Igreja Matriz e, às 20h30min, jantar dançante e festa das crianças. No cardápio: churrasco, galeto, porco, tórtei, canudinhos e saladas diversas.

Os festeiros são: Grassiano Fracasso e Adelaide Turani Fracasso; Jorge Zanin e Helena Stella Zanin; Levi Raimundo Donadello e Lorita Zen Donadello; Darlei Cecchin e Deise Sangali; Vilson e Lurdes Lucchese; Valdecir e Vera Lúcia Biondo. Os primeiros casais de Protásio Alves e os dois últimos de Bento Gonçalves. O pároco é Luciano Cansan.  O telefone para contato na paróquia é o  (54) 3276-1088.

A festa

Esta festa foi instituída pelo Papa Pio V em 1571, quando celebrou-se a vitória dos cristãos na batalha naval de Lepanto. Nesta batalha os cristãos católicos, em meio a recitação do Rosário, resistiram aos ataques dos turcos otomanos vencendo-os em combate.

A celebração de hoje convida-nos à meditação dos Mistérios de Cristo, os quais nos guiam à encarnação, paixão, morte e ressurreição do Filho de Deus.

A origem do Rosário é muito antiga, pois conta-se que os monges anacoretas usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Desta forma, nos conventos medievais, os irmãos leigos dispensados da recitação do Saltério (pela pouca familiaridade com o latim), completavam suas práticas de piedade com a recitação de Pai-Nossos e, para a contagem, o Doutor da Igreja São Beda, o Venerável (séc. VII-VIII), havia sugerido a adoção de vários grãos enfiados em um barbante.

Na história também encontramos Maria que apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão: "Quero que saiba que, a principal peça de combate, tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério".

Essa devoção, propagada principalmente pelos filhos de São Domingos, recebe da Igreja a melhor aprovação e foi enriquecida por muitas indulgências. Essa grinalda de 200 rosas – por isso Rosário – é rezado praticamente em todas as línguas, e o saudoso Papa João Paulo II e tantos outros Papas que o precederam recomendaram esta singela e poderosa oração, com a qual, por intercessão da Virgem Maria, alcançamos muitas graças de Jesus, como nos ensina a própria Virgem Santíssima em todas as suas aparições.

Fotos:

Igrejas: Sonia Reginato/C+C

Nossa Senhora: Reprodução

Igreja antiga: Acervo Municipal

Outras notícias